Para ampliar o debate e estabelecer parcerias com entidades representativas dos profissionais da Saúde, o Ministério da Saúde reuniu-se com representantes do CFO para prosseguir com a agenda de reuniões que objetivam debater propostas de políticas públicas de saúde multiprofissional (foto).

Entre os assuntos em pauta esteve a ampliação da participação dos profissionais de Odontologia em equipes multiprofissionais, tendo em vista a necessidade de suprir a demanda da Atenção Primária, especialmente, em locais de difícil acesso e extrema pobreza.

Entre a as discussões, a deliberação entre o Ministério e os Conselhos para compartilhar, de forma conjunta, medidas, ideias e projetos que ofereçam assistência de qualidade à população e reconheçam o valor dos profissionais das categorias do setor saúde.

Também foi analisada a proposta de requalificar a formação dos profissionais da saúde, mediante mecanismos de avaliação das escolas, estabelecendo requisitos a serem cumpridos para o pleno funcionamento das instituições, além de estipular critérios regulatórios para abertura indiscriminada de cursos de Ensino à Distância (EAD).

Estiveram também presentes na reunião o diretor do Departamento de Gestão da Educação em Saúde (DEGES), Hélio Angotti; o presidente do CFO Juliano do Vale; o vice-presidente do CFO, Emersson Luiz Jorge e o tesoureiro do CFO, Luiz Evaristo Volpato.